Londres pela segunda vez.

IMG_8693Olá a todos os que me acompanham desse lado :) já sabem que tenho estado ausente por motivos pessoais, e ainda não é desta que consigo voltar a 100% ao blog…acontece que ainda não me mudei de vez, ainda estou na fase final das mudanças, tenho tudo desorganizado quer numa casa quer noutra, e estou sem espaço de trabalho para o blog…ou seja, tenho PC, mas não tenho um sítio para tirar fotos, tenho chegado sempre muito tarde a casa e o tempo é quase nulo. Hoje consegui escrever-vos qualquer coisinha, mas vai ser um relato de como foi a minha passagem por Londres, no mês passado, uma vez que não consigo ainda fazer posts de reviews de produtos.

Londres é uma cidade que adoro. Já lá tinha passado há 5 anos atrás, em Abril de 2010, e foi a minha primeira viagem a sério de avião. Já tinha viajado de avião para Espanha, em pequenina, mas era mesmo muito novinha e não me lembro de nada dessa viagem, pelo que Londres teve um sabor muito especial.

Londres é uma cidade cosmopolita, cheia de vida nas ruas, cheia de sítios giros para se comer, cheia de pessoas diferentes, um autêntico melting pot. Amei Londres em 2010. E voltei a amar Londres agora, em 2015. Voltar lá soube muito bem. É uma cidade super fácil de conhecer, pois tem um sistema de transportes muito eficiente e toda a gente fala inglês (óbvio) o que ajuda muito na comunicação. Londres é enorme. Uma linha de metro deles consegue ser maior do que todas as nossas juntas. A cidade tem imensos sítios giros para se conhecer e divide-se em zonas, sendo que as zonas 1 e 2 são as principais para quem quer conhecer os pontos turísticos mais conhecidos.

Gosto muito de Londres também pela diversidade de entretenimento que existe, quer seja em termos de teatro ou de música. Na primeira vez que lá fui vi um musical – O fantasma da ópera – e fiquei deslumbrada. Gosto de teatro e não vou mais vezes por falta de tempo (e algumas vezes de dinheiro), pelo que fiquei maravilhada com o musical que vi. A produção era imensa, os actores fantásticos e o teatro em si lindíssimo. Confesso que os preços são bastante azedos, ainda mais para a carteira dos portugueses. Ainda relembrando a viagem de 2010, vi um concerto de uma banda que gosto imenso, os Opeth, no mítico Royal Albert Hall, uma sala fabulosa, e adorei. Regressando a 2015, desta vez não vi nenhum musical / peça, mas vi dois concertos. Curiosamente voltei a ver os Opeth, e também vi os fantásticos Riverside, uma banda Poláca e uma das minhas bandas preferidas.

Em Londres é tudo muito caro, infelizmente. A Libra está cada vez mais cara e a cidade em si é cara, por isso convém pouparem algum dinheiro caso queiram lá ir. Eu não sou apologista de viajar e andar a viagem inteira a fazer refeições de fast food e sandes, por isso gasto sempre um bocadinho mais de dinheiro nesse aspecto. Gosto de conhecer a gastronomia local e experimentar coisas diferentes, ir a sítios giros e ficar com boas recordações.

Tive o prazer de ir a três restaurantes diferentes do Jamie Oliver. O Jamie tem uma cadeia de restaurantes italianos – Jamie’s Italian – da qual gosto imenso, pois já tinha experimentado noutras cidades do Reino Unido. Visitei o Jamie’s Italian em Covent Garden e não fiquei desiludida, gostei imenso. Também em Covent Garden, fui conhecer o Union Jacks, um restaurante super informal num misto de pizzaria e comida local. Preços acessíveis, tanto neste último como no Italian (pratos entre as 10£ e 16£). E por último, quase no fim da viagem, tive o prazer de ir ao Fifteen, um restaurante mais posh do Jamie. Os preços são bem abusivos, mas a comida é excelente! Gostei muito do conceito do restaurante, porque o mesmo é sem fins lucrativos e as receitas revertem para o programa de “aprendizes” dele, um programa em que o Jamie recruta pessoas desempregadas para trabalharem com ele no restaurante. É de louvar. Podem saber mais sobre este programa aqui.

Deixando a comida e os concertos de lado, posso vos dizer que apanhei imenso bom tempo (só choveu uma manhã e nessa mesma manhã fiquei a descansar), pelo que S. Pedro foi generoso comigo. Curiosamente já em 2010 tive a mesma sorte, por isso fiquei muito feliz. Já o frio…não estavam horrores de frio, mas as mínimas já chegavam aos 8º, por isso já estava bem mais fresquinho do que cá.

Consegui rever todos os locais que queria, conhecer alguns poucos novos, divertir-me imenso e fazer algumas comprinhas. Comprei alguns produtos da linha de maquilhagem da Pound Land, uma loja que vende praticamente todos os artigos a 1£. Estava um bocado reticente na compra de maquilhagem tão barata, mas fi-lo porque li boas reviews sobre produtos muito específicos, e resolvi trazer comigo alguns deles. Pelo preço não tinha muito a perder ;) num dos meus dias em Londres passei pelo Harrods, um armazém gigante com imensas lojas, e comprei um batom na MAC…não resisti. O preço acabou por ser o mesmo que cá, mas não consegui resistir mesmo. Trouxe um retro matte, depois hei de vos mostrar mais à frente, noutro post. Ainda na maquilhagem, passei por uma loja da Benefit (Nunca tinha visto uma loja própria da marca) e achei a loja um mimo. Infelizmente quando a “encontrei” foi por acaso, e na manhã do meu último dia em Londres, por isso só espreitei assim muito rapidamente, nem tive tempo para tentar comprar nada sequer. De qualquer forma fiquei encantada com a loja…linda linda linda!

Passei na Primark num Domingo à tarde…e foi o caos. Se acham as Primarks de cá confusas ao fim-de-semana, não queiram ver as de Londres. Fui à Primark de Oxford Street, e as pessoas atropelavam-se, literalmente. Quase não tinha espaço para me mexer na loja. Assim entrei, assim saí, estive lá muito pouco tempo. Passei também na Forever 21, e aí sim, trouxe algumas coisinhas comigo. Um vestido de Outono lindo e um poncho fofinho. Adorava que a Forever 21 viesse para Portugal!

Nesta minha estadia em Londres fiquei no apartamento de um casal muito simpático que encontrei no AirBnB. Já foi a terceira vez que fiquei num apartamento deste género, e correu sempre bem até agora. Um dia (já estou a prometer isto há imenso tempo) vou fazer mesmo um post de dicas de viagem, e vou falar-vos ao pormenor do AirBnB. Vale muito a pena, principalmente em cidades caras como Londres.

O post já vai longo, por isso vou me despedir por hoje. Espero que continuem desse lado, porque eu estou mortinha de voltar à normalidade e conseguir fazer posts regularmente! Esperam por mim? :)

Beijinhos grandes!
Lara

Londres, puzzles suecos e saudades de escrever.

910569-moving-outEscrevo-vos a um Domingo à noite, embora este post esteja a sair hoje, segunda-feira.

Foi um Domingo muito cansativo. São perto das 22h e só agora parei efectivamente para repousar um bocadinho. Têm sido dias, semanas… um mês super atribulado. Não me queixo. Só desabafo. Mas é um desabafo bom, uma expressão da minha felicidade, por estar a conseguir a pouco e pouco atingir alguns dos meus objectivos. Como vocês já sabem, estou prestes a mudar-me. Meteu-se uma viagem programada há algum tempo pelo meio, e o tempo escasseou. Voltei de Londres na quinta-feira à noite, e na sexta-feira de manhã bem cedo já me encontrava a montar puzzles suecos, mais conhecidos como móveis do IKEA. Foi a rotina dos últimos três dias. Confesso que não esperava que fossem tão trabalhosos, esperava mais que a dificuldade em montar, isso sim, fosse elevada. Mas foi precisamente o contrário. Móveis com instruções precisas, que seguindo a passo e passo nada têm de enganar. Mas como vêm completamente desmontados, são trabalhosos.

Neste momento já tenho a sala toda montada, o quarto está praticamente todo (falta-me montar um estrado e colocar o colchão na cama) e alguns móveis da cozinha. Estou muito feliz, porque conto conseguir mudar-me no próximo fim-de-semana. Estou completamente estoirada, com calos nas mãos, mas muito feliz. É muito bom montar-mos uma casa nossa de raíz, e tratarmos nós de todos os processos. É recompensador. E temos a vantagem de ficar tudo como queremos, ao pormenor.

Tinha imensas saudades de vos escrever. Não tenho ido à internet, estou completamente fora das novidades do mundo da beleza e cosmética, mas espero que dentro de alguns dias consiga voltar à minha rotina. Além de saudades de vos escrever, tenho também muitas saudades de ler os blogs que sigo. Não tenho lido nenhum, e custa-me bastante. Mas o tempo simplesmente não dá para tal. Hoje, antes de ir dormir, consegui este tempinho para vos dar mais algum feedback desta minha experiência.

A viagem a Londres correu muitíssimo bem, apanhei um tempo espectacular e deu para matar saudades de tudo…fui lá pela primeira vez há pouco mais de cinco anos, e adorei rever os locais emblemáticos, passear sem rumo, comer bem e divertir-me. Soube bem afastar-me da confusão por uns dias, mas foi agridoce, uma vez que tinha pensamentos constantes sobre a minha casinha.

Provavelmente irei deixar para outro post a minha experiência em Londres. Até lá, um grande beijinho para todos os que me acompanham…prometo tentar voltar ao activo em breve…à partida estará quase, vamos ver :)

Beijinhos,
Lara

[Fotografia] Viagem a Londres (2010)

Mais um post com fotografias tiradas por mim e mais uma viagem que adorei fazer! Para vos ser franca, esta foi a minha primeira viagem “a sério”, e foi um destino do qual sempre sonhei conhecer: Londres!

Desde pequenina que adoro a lingua inglesa e sempre tive muita curiosidade em conhecer o Reino Unido, em boa parte devido à sua grande herança musical. Posso vos dizer que Londres é uma cidade fantástica, com imensa coisa para ver e conhecer, muito limpinha mas também muito escura. Infelizmente o sol não é uma constante lá pra cima, mas ao menos enquanto lá estive não apanhei chuvinha praticamente nenhuma, o que é um acontecimento raríssimo :)

Vou então mostrar algumas fotos para vos aguçar o apetite…

YASHICA Digital Camera DSCF2181_1

YASHICA Digital Camera DSCF1499_2 DSCF1546 copy DSCF1583 copy

DSCF1604 copy DSCF1754_2 DSCF1821 copy DSCF1952_1 DSCF1974_1 DSCF2011_1 DSCF2069 copy DSCF2075_1  DSCF2210 copy DSCF2246 copy

DSCF2423 copy DSCF2679_1

Deu-vos vontade de conhecer Londres? ;)
Beijinhos,
Lara